Capa

Endurance: Senna confirma volta no Japão

Bruno Senna
(Divulgação/MF2)

Recuperado de fratura, piloto reforça Rebellion nas 6 Horas de Fuji

01.10.2018  |  321 visualizações

SÃO PAULO – A volta de Bruno Senna ao cockpit do protótipo LMP1 da Rebellion Racing é a principal novidade das 6 Horas de Fuji, quarta etapa da temporada 2018/2019 do Campeonato Mundial de Endurance – FIA WEC. A prova está marcada para o próximo dia 14 no autódromo localizado aos pés do Monte Fuji, o mais conhecido cartão postal do Japão. Bruno estava afastado das pistas desde o dia 17 de agosto, quando fraturou o tornozelo direito em decorrência de acidente ainda nos minutos iniciais da primeira sessão de treinos livres das 6 Horas de Silverstone.

 

Bruno foi submetido a um último exame na semana passada e a análise das imagens confirmou que a fratura estava consolidada. “Não sinto mais dores, estou andando bem e pude retomar meus treinamentos”, comemorou o atual campeão mundial da divisão LMP2. Nos últimos dias, Bruno retomou também suas atividades como piloto oficial dos carros de turismo de alta performance da McLaren.

 

Por meio de suas mídias sociais, Bruno agradeceu as mensagens de apoio que recebeu durante o período de recuperação e enviou os votos de pronto restabelecimento ao canadense Robert Wickens, gravemente ferido durante as 500 Milhas de Pocono das Fórmula Indy em agosto, e ao paulista Alan Hellmeister, que sofreu múltiplas fraturas ao final da corrida da GT Open em Monza (Itália) na semana passada. Citou também Pietro Fittipaldi, outro brasileiro que passou por grande susto e sofreu fraturas na etapa de Spa (Bélgica) do WEC. “A recuperação dele foi uma superinspiração para mim e acho que me ajudou a me restabelecer mais rapidamente.”

 

A abertura das atividades de pista das 6 Horas de Fuji está marcada para dia 12, mas Bruno chegará ao Japão no início da semana para cumprir movimentada agenda de ações promocionais da Rebellion Racing ao lado dos companheiros Neel Jani e Andre Lotterer. Dos 34 carros inscritos nas quatro divisões do Mundial de Endurance, o Brasil estará representado também pelo campineiro André Negrão no Alpíne A470-Gibson da equipe Signatech.

 

Márcio Fonseca (MTb 14.4457)

 

Leia também...

23.02.2020

WEC: Senna conquista vitória completa no Texas

Rebellion funciona como relógio suíço e bate Toyota nas 6 h de Austin

23.02.2020

WEC: Senna e parceiros saem na pole no Texas

Trio da Rebellion supera duas Toyota em busca da primeira vitória no ano

15.12.2019

WEC: Senna admite pódio frustrante no Bahrein

Choque logo depois da largada comprometeu chances de aproveitar a pole

13.12.2019

Senna "voa" no Bahrein e conquista nova pole no WEC

Luta agora é pela segunda vitória seguida no Mundial de Endurance

Entre em contato